Notícia real e objetiva
           Um diabólico Michel Temer foi destaque no desfile da Paraíso do Tuiuti, no Carnaval do Rio,

 BRASIL

Um diabólico Michel Temer foi destaque no desfile da Paraíso do Tuiuti, no Carnaval do Rio, a festa mais popular do mundo. A escola denunciou as consequências do golpe de Estado no Brasil.

Representando pelo historiador Léo Morais, o Temer satânico também era tido como “presidente vampiro” do neoliberalismo.

O samba-enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?” criticou a reforma trabalhista e os “manifestantes fantoche” — ou paneleiros — que saíram às ruas pedir o impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff.

Recentemente, no Paraná, um Santo Padre chamou de “patos idiotas” manifestantes que se vestem de verde e amarelo pela condenação do ex-presidente Lula e em apoio ao juiz Sérgio Moro.

No Carnaval de 2018 já teve de tudo. De “Fora, Temer” a “Volta, Lula“. Mas o desfile da Tuiuti surpreende pela forte crítica política e social ao Vampiro Neoliberal.

“Histórico desfile da Paraíso da Tuiuti retratando o atual quadro vivido no Brasil após o golpe”, elogiou a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT.

 
Blog do Waldemir Santarem
Info : Blog do Esmael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade