Notícia real e objetiva
Uma equipe da Marinha e Corpo de Bombeiros se preparava para ir ao local do acidente quando recebeu confirmação que não havia desaparecidos.

 SANTAREM


A capitania Fluvial de Santarém (CFS), no oeste do Pará, descartou a possibilidade de desaparecidos após acidente com rabeta no rio amazonas. O caso aconteceu na terça-feira (9) em Óbidos. O comandante da rabeta apresentava sinais de embriaguez e disse que tinham duas crianças com ele, a informação foi desmentida.

Em nota, a Prefeitura de Óbidos informou que os responsáveis pelo resgate do sobrevivente disseram que o mesmo estava muito alcoolizado e que falava coisas desconexas. O comandante da rabeta que emborcou afirmava que duas crianças estavam desaparecidas após acidente.

Uma equipe da Capitania Fluvial de Santarém, juntamente com mergulhadores do Corpo de Bombeiros estavam se preparando para ir ao local do acidente quando foram informados que o homem não estava acompanhado de crianças na embarcação. A informações foi reiterada por tripulantes do navio que provocou a marola que ocasionou o acidente com a rabeta.

Entenda o caso

Uma embarcação de pequeno porte emborcou no rio amazonas, no município de Óbidos, após passar por uma marola provocada por um navio que passava próximo ao local. O comandante da rabeta tentava atravessar o rio na frente do navio.

O homem que conduzia a embarcação foi resgatado e informou aos tripulantes do navio que o resgatou que duas crianças que estavam com ele estavam desaparecidas.

Blog do Waldemir Santos

Com Info : G1 Santaeem-Pa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade