Notícia real e objetiva

Dois ônibus foram assaltados em menos de duas horas no início da noite de quarta-feira


POLÍCIA


Dois ônibus foram assaltados em menos de duas horas no início da noite de quarta-feira (11) em Belém, e um dos casos poderia ter terminado com uma grande tragédia, se não fosse a arma usada pelo criminoso falhar quando ele atirou contra a vítima que usava como refém.

Um ônibus da linha “UFPA – Ver-o-Peso” da empresa Guajará foi atacado no bairro de São Brás. O coletivo passava pela avenida José Malcher, quando um homem entrou armado com um revólver calibre 22. Ao perceber a intenção do roubo, o motorista abriu as portas do coletivo para os passageiros fugirem.

A Polícia Militar foi acionada e fez o cerco do local. O assaltante fez um refém e chegou a apertar o gatilho do revólver, mas a arma não disparou.

OUTRO CASO

Outro assalto aconteceu em um ônibus da empresa Montecristo, na avenida Pedro Álvares Cabral, próximo da passagem São Benedito, no bairro da Sacramenta.

Quatro bandidos subiram no veículo e anunciaram o assalto. Armados com facas, eles ameaçaram o motorista, o cobrador e os passageiros que estavam no banco da frente. De acordo com o motorista, o ônibus que faz a linha Sacramenta-Humaitá foi assaltado três vezes este ano.

Esse é o terceiro assalto que acontece no mesmo perímetro e os rodoviários dizem que já trabalham com medo.

Por Blog do Waldemir Santos

(Com informações do repórter Dinan Laredo)

Publicidade